Fundamentação Teórica

ARNS, Paulo Evaristo (org). Brasil, nunca mais: um relato para a história. 27a ed., Petrópolis, Vozes, 1995.

BITTENCOURT, Circe (org) O saber histórico na sala de aula. 5 Edição. São Paulo, Contexto, 2001.

BOSI, Ecléa. Memória e sociedade: lembrança de velhos. São Paulo, T.A. Queiroz, editor, 1983.

CUPERTINO, Edson Ribeiro- Ensino médio e regime militar: as relações de poder e a memória do professor de história (1970-80). Trabalho de iniciação científica. São Paulo, Universidade de Santo Amaro, 1999.

DECCA, Edgar Salvadori de. 1930: o silêncio dos vencidos. 4a ed., São Paulo, Editora Brasiliense, 1988.

DURANT, Gilbert. As estruturas antropológicas do imaginário: introdução à arquetipologia geral. Trad. Hélder Godinho. 2 ed.. São Paulo, Martins Fontes, 2001.

ELIADE, Mircea. História das crenças e idéias religiosas

______________. O sagrado e o profano. Lisboa, Livros do Brasil, s.d.

FARIA, Ana Lúcia G. de. Ideologia no livro didático. 16ªed. São Paulo, Cortez, 2008.

FAUSTO, Boris. História do Brasil. 13a ed., São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo: Fundação do Desenvolvimento da Educação, 2008.

FAZOLI FILHO, Arnaldo. O período regencial. São Paulo, Ática, 1994.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 2a ed.; São Paulo, Edições Loyola, 1996.

_________________. Vigiar e punir: o nascimento da prisão. Trad. Lígia M. Pondé Vassalo. 8a ed., Petrópolis, Vozes, 1991.

GERMANO, José Willington. Estado militar e educação no Brasil (1964- 1985). 2a ed.; São Paulo, Cortez, Editora da Unicamp, 1994.

GIANAZZI, Carlos Alberto. A faculdade de filosofia da Universidade de São Paulo e o golpe militar de 1964: as dificuldades para a manutenção da liberdade de cátedra antes e depois do golpe. São Paulo, 1996. 2v. Tese (Mestrado). Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo.

HARVEY, David. A condição pós- moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. Trad. Udail Ubirajara Sobral e Maria Stela Gonçalves. 5a ed., São Paulo, Edições Loyola, 1992.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Visão do paraíso. São Paulo, Brasiliense, 2004.

____________________. Fronteiras da Europa. In Raíses do Brasil. 26ªed. São Paulo, Companhia das Letras, 2004.

LE GOFF, Jacques. As mentalidades: uma história ambígua  in  Le GOFF, J. e NORA, P. (org). História: novos objetos. Trad. Terezinha Marinho, revisão técnica de Gadiel Perruci. 2ª ed., Rio de Janeiro, F. Alves, 1976.

MOITA, Filomena. Game on: jogos eletrônicos na escola e na vida da geração @. Campinas, Editora Alínea, 2007.

MOREIRA, Antônio Flávio e SILVA, Tomas Tadeu da (orgs). Currículo, cultura e sociedade. São Paulo, Cortez editora, 1994.

NOVAIS, Fernando A. Portugal e Brasil na crise do antigo sistema colonial (1777-1808). 8ªed. São Paulo, Hucitec, 2006.

POENER, Artur J. O poder jovem: historia da participação política dos estudantes brasileiros. 4a ed., ilustrada, revisada e ampliada. São Paulo, Centro de Memória da Juventude, 1995.

PRADO JÚNIOR, Caio. O sentido da colonização. In Formação do Brasil contemporâneo. São Paulo, Editora Brasiliense, 1999.

PRADO, Maria Lígia. A formação das nações latino-americanas: anticolonialismo, antiimperialismo. Construção das oligarquias. A América Latina é livre (int). 3 ed. Campinas, Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1987.

ROMANELLI, Otaísa de Oliveira. História da educação no Brasil (30/ 73). 14a ed.; Petrópolis: Vozes, 1991.

SCHIMIDT, Maria Auxiliadora. Ensinar História. São Paulo: Scipione, 2004.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 15a ed.; São Paulo, Cortez, Autores Associados, 1991.

SILVA, Alberto da Costa e. A manilha e o libambo: a África e a escravidão, de 1500 a 1700. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 2002.

SILVA, Tomás Tadeu da. Identidades terminais: as transformações na política da pedagogia e na pedagogia da política. Petrópolis, Vozes, 1996.

SKIDIMORE, Thomas E.- Brasil: de Castelo a Tancredo, 1964-1985. Trad. Mário Salviano Silva. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1988.

TOLEDO, Caio Navarro de. O governo Goulart e o Golpe de 64. 11a ed., São Paulo, Editora Brasiliense, 1991.

TOMPSON, Pau- A voz do passado: história oral. Trad. Lólio Lourenço de Oliveira. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1992.

TREVISAN, Leonardo. O que todo cidadão precisa saber sobre o pensamento militar brasileiro. São Paulo, Global, 1985.

VAINFAS e SOUZA, Ronaldo e Juliana Beatriz de. Brasil de todos os santos. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2002.

VILLAÇA, NIZIA. Paradoxos do pós- moderno: sujeito & ficção. Rio de Janeiro, Editora da Universidade Federal do Rio de Janeiro – URFJ, 1996.

Deixe um comentário

Obrigado pela sua participação. Em breve seu comentário ficará online!!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 390 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: